Nossos Jeans


Esse post era pra ter saído ontem, mas como fiquei lá, obcecada por aquele livro, não consegui pensar a não ser naquela história (outra hora eu falo sobre isso).
Bem, minha idéia pra esse post veio de ontem. Mais precisamente quando eu fui levar algumas calças jeans para ajustar na costureira. Não queridos, não era pra diminuir na cintura. Eram as barras e aquelas “bocas de sino” que mais pareciam um leque.
Sinceramente, eu tinha umas três calças que me faziam feliz, que eram mais justas nas pernas. Por causa disso, resolvi levar aquelas que estavam encostadas (mas que ainda serviam) para dar uma calibrada.
Cheguei lá, provei, mandei a dona Inês fazê-las sem pressa, pois agora nas férias os meus pijamas já me bastam. Quando estava voltando para casa com meu pai, comecei a pensar o quanto as coisas mudam. O quanto a moda muda. Parece uma coisa obvia, mas é de se pensar.
Filosofando um pouco sobre a calça jeans, resolvi procurar um pouco sobre a sua história. Como todos já sabem, ela surgiu da necessidade de roupas mais resistentes para os empregados nas indústrias. O mesmo processo aconteceu para as mulheres.
Depois de algum tempo a calça jeans se tornou uma peça muito bem vista pelas pessoas, e principalmente pelas estrelas, as quais faziam as propagandas para as grandes marcas.
No final da década de 60, os hippies chegam ditando moda com suas calças saint-tropez e pernas em boca-de-sino. Era a sensação, e faziam a cabeças de muitas pessoas, daí pra frente, com bordados com conchas, fios etc. Os estrangeiros e ricos chegavam a pagar 500 dólares em calças jeans com todos aqueles enfeites.
Outro aspecto importante das calças jeans foram as lavagens. Elas deram estilo as calças, com os mais diferenciados tipos de lavagem, que deixavam o tecido mais amaciado, ou mais claro, ou mais legal, ou mais qualquer coisa diferente.
Mais tarde, todos nós sabemos que as calças se ajustaram um pouco (se ajustaram mesmo!) nas pernas e a cintura foi lá pra cima. Nessa época eu era criança. Eu lembro bem que a moda era calça mais justa, alta e com bordados feitos em máquinas de costura. Depois a calça desceu e se alargou, como na moda de antes. Agora ela subiu (embora eu não goste de me sentir usando um macacão) e afinou nas pernas. A moda dá voltas.
Lembro também de um domingo que eu estava assistindo àquele programa da Sandy e do Junior que passava, se não me engano, na Globo.
Nunca fui de cuidar muito das minhas calças. Eu fazia minha “própria lavagem”, deixando meu joelhos brancos (se jogando no chão, no barro etc), quando não com alguns furinhos (e minha mãe me odiava por isso).
Bem, voltando à história da Sandy... Ela estava usando um jeans marinho, muito lindo por sinal, e nas cochas ele era lavado. Pra quê! Eu chamei minha mãe na hora e fui mostrar a novidade: minhas calças brancas no joelho estavam na moda da Sandy! (Nossa que orgulho!)
Minha mãe, claro, criticou até a Sandy né. Minha irmã falou que não ia demorar pra aquilo virar moda. E ela tava certa.
Alguns bons anos depois, voltei de uma loja com uma calça da Osmoze, linda, inteira rasgada, cheia de lavagens de todos os tipos... Minha mãe olhou e falou: -Não brinca que você pagou tudo isso nesse lixo?!
Mas ela me deixou usar a calça. Bem, pelo menos por um tempo. Um dia, do nada ela sumiu do meu guarda roupa. Fui procurar no porão da minha casa, e lá estava ela, dobradinha num guarda roupa velho. Recuperei-a, mas não por muito tempo. Minha mãe a catou de novo, e dessa vez nunca mais a vi. E eu lembro que ela era “boca de sino”. Olha, dava até pra fazer um short com ela agora, se minha mãe não tivesse a queimado (eu imagino).


A imagem do texto veio daqui:
http://www.imagemnativa.com.br/fotos/251_14_jeans.jpg

Meu respaldo teórico sobre os jeans veio daqui:
http://tribojeans.blogspot.com/


16 comentários:

Vivi Diniz disse...

Adorie a historia do jeans.. confesso que nao sabia de tudo!!
vc escreve muuuito bem!!
Bem eu adoro jeans!! hauhauha nao vivo sem um

Adorei seu blog... muito lindo
parabens

beeijos

Natty disse...

Esse texto me fez lembrar um que tinha no livro de inglês da oitava série que contava a história do jeans... rsrs
A época que mais marcou os meus jeans foi aquela em que se usava tudo desfiado, lembra?? Eu lembro que passava horas desfiando as bainhas das minhas calças! hahaha :P
Ótimo post! ;*


--
nattykita.com

Amanda disse...

Nossa, adoreeei eu sou megafã de jeaans, amei ler sobre a história!
E ah seu blog é lindoo...e quanto ao que vc escreveu no meu blog, continuee correndo atras mesmoo de quem vc quer viiu, olha vc nao tem ideia das coisas q ja tive que fazer, mas se vc tem ctz q eh isso q vc quer entaao vai em frente ! AUHauHAU
Bjaao

Carol°°°Paula disse...

eu não conhecia a história do jezans, mt legal
realmente a moda da voltas, minha mãe tbm reclamava das minhas calças, e elas sumiam misteriosamente do guarda roupa tbm srsrsrsr
agora voltou a calça lá em cima, mas eu não gosto delas assim não!
gostei mt do post!
bjusss
by:paula

Pablo disse...

Post interessantíssimo, grande jeans, que salva-nos sempre !

Adoro minhas calças jeans, são apertadas nas cinturas e não muito largas nas pernas (mas tbm não e colada o.O)

http://sombradaamendoeira.blogspot.com/

Cinderela Compulsiva disse...

Pow como sempre ta lindo t alindo seu blog.
Aquele meu post naum tinha a intençao de fazer chorar, mas ja que fez, desculpa :/.

p.s.:se vc aind anaum conhece o musico Vander Lee, procure algumas musicas, sao todas lindas.

Bjos

Felicidade sempre
----------------------------------
http://calculadamente.blogspot.com/

Regis Dutra disse...

Três coisas que me impressionaram: 1ª O Jeito do qual descreveu e obteve informações sobre Jeans. 2ª Impressionante que tu se lembre do Programa da Sandy & Junior, pois nem eu lembrava, e olha que lembro até do programa que dava do JASPION na manchete, eu acho. haehau. 3ª Nunca falei com ninguém que tenha um porão, hehehe. Falando serio agora: Muito bom seu post, tu escreve muito bem, tu deixa o desenrolar do texto muito agradável e interessante de ler. Bjs e obrigado pelo post.

Gabiih disse...

Concertezaa, tembém tenho que fazer isso com agumas calças minhas!
Parabéns pelo post você escreve muito bem!

beijoo!

lua. disse...

Tem um selo pra você lá no meu blog, pega lá tá bom ?
o post está lindo.

Beijo.
http://milagredosnovostempos.blogspot.com

MattXFrehley disse...

boa história

lua. disse...

(2 selos!)

William. disse...

Incrível!

Adorei o blog!

Ótima postagem, santo jeans de cada dia!! (=

realmente.. se hoje eu me vestisse como meus pais idealizaram quando pequeno o resultado seria ainda pior do que já é... kkkk

Parabéns Pleo Blog!

lua. disse...

áh que isso.. não foi nada!
continua assim mesmo, que seu blog está lindo! :D

eu tenho um novo post, olha lá.
http://milagredosnovostempos.blogspot.com

Laís disse...

Adoreiii...
Parabéns pelo seu blog ta lindo.
O pior é que é verdade, até outro dia eu só usava calça "Boca-de-sino". Agora eu só uso as que são justas até o pé.
To te acompanhando.
Bjos

Thaly disse...

Ah... o bom e velho jeans.. Tão velho quanto bom, né!
A moda não se renova, isso é fato. Ela se reajusta.. ;D

Adoro os jeans da Osmoze, apesar de nunca ter comprado um.. hehehe São muito estilosos mesmo...

adorei o texto, garota!
^^

Janelas do rosto disse...

Bem legal teu texto, me divertir com a história da calça da Sandy!
Beijos!

Postar um comentário

Ah, vai! Eu sei que vc quer falar algo.. ;)

 
Copyright © Mahh Ferreira